VIDAS INSPIRADORAS – ANNA BARRETO

O Viver Eu Quero traz o relato de Anna Barreto, uma mulher de força, esposa, mãe e pessoa de muita fé.

A Anna Paula foi diagnosticada com câncer de mama aso 43 anos e transformou sua dor em força e alegria. Isso já rendeu blog, livro e até entrevista no Programa da Fátima Bernardes.

Vamos ao relato dela para vocês entenderem melhor esta história.

IMAGEM 1

“Meu nome é Anna Paula e tenho 45 anos. Aos 43, descobri um câncer de mama. Desde o início, tive uma fé e uma força sobrenaturais. E, por isso, consegui encontrar beleza e alegria onde, geralmente, só há dor.

Tudo começou quando fui fazer exames de rotina. Eu já tinha dois nódulos há anos, que eram categoria 2. De um ano para o outro, tornaram-se categoria 5. A chance de ser câncer nessa categoria é de mais de 95%. Foi meu marido quem pegou o resultado da ultra e ficou extremamente abatido. Ao ver seu sofrimento, percebi que precisaria ser forte como nunca. Eu disse: “Tenho fé para ser parte dos 5% e não ser câncer e tenho fé para ser parte dos 95% e ser curada. E foi com essa certeza que enfrentei toda a luta que estava por vir. Veio, então, a confirmação.

Para mim, a maior dificuldade seria contar para os meus filhos. O mais novo, continuou como estava, sentadinho; suas lágrimas escorriam pelo rosto. O mais velho chorava e gritava, perguntando “Por que a minha mãe?” Eu me mantive forte, não derramei uma lágrima e disse que eu tinha certeza que ficaria boa. Eu precisava cumprir essa promessa. Por eles eu precisava encarar qualquer luta.”

IMAGEM 2

“Meu CA era um carcinoma Lobular Infiltrante. Precisei fazer a mastectomia primeiro e depois seria decidido o tipo de tratamento. Ao olhar-me no espelho pela primeira vez sem seio, chorei muito, chorei alto. Não há outra palavra que vem a mente: MUTILADA. Logo em seguida, enxuguei as lágrimas e percebi que minha enorme cicatriz não era um L como o mastologista havia falado, mas sim um J, de Jesus, meu companheiro de luta e aí, naquele momento tomei uma decisão: faria uma tattoo no ombro direito, lado da mastectomia.”

IMAGEM 3

“Não precisei de quimioterapia, nem de radioterapia. Fiz duas cirurgias de reconstrução. A primeira foi para colocar a prótese e a segunda para refazer a aréola e o bico. Estou ainda em tratamento com Tamoxifeno, que tomarei durante 5 ou 10 anos.

Desde a descoberta da doença, eu comecei a perceber os propósitos de tudo. Comecei a gravar vídeos no Youtube sobre cada etapa vivida. Sentia uma necessidade enorme de registrar o que estava vivendo para ajudar outras mulheres. Em um dos vídeos, há uma linda homenagem de minhas amigas e colegas de trabalho que cantaram comigo, logo depois de descobrir que não faria quimioterapia. Um dos muitos lindos momentos que tenho vivido durante essa jornada.”

4

“Também criei um blog  e escrevi um livro – ENCONTRANDO A ALEGRIA EM MEIO À DOR.”

5

“Por causa do livro, fui convidada para participar do programa da Fátima Bernardes durante o Outubro Rosa, que tinha como tema histórias de mulheres que enfrentaram o CA de mama de forma positiva e produtiva. Além disso, a linda homenagem dos meus alunos também foi motivo da participação no programa.”

“Porém, acabou que o ponto forte da entrevista foi o quanto a parceria e cumplicidade do meu marido foram cruciais para a minha volta por cima: ele foi meu enfermeiro, meu cabeleireiro, meu cozinheiro, meu companheiro. Após o fim das cirurgias (em 7 meses, foram 3), comecei a participar de campanhas para o INCA (alimentos e kits de beleza e higiene) e para ajudar mulheres na prevenção do câncer de mama. E o marido, sempre ao meu lado.”

8

“A minha luta não é apenas por mim, não apenas para a minha cura e vitória, mas sim para todas as mulheres que passam pela doença. A luta é nossa! E para aquelas que não estão doentes, a mensagem é: façam o autoexame e os exames de ultra e mamografia anualmente (em alguns casos de 6 em 6 meses). Amem-se. Cuidem-se.”

Anna, que história linda!!!

Nesta semana cheia de atividades voltadas a homenagear às mulheres, tenho falado muito sobre esta força incrível que a mulher é capaz de tirar de dentro de si e que não faz ideia existir, até chegar uma situação limite. No nosso caso foi o diagnóstico de câncer de mama, mas muitas mulheres enfrentam problemas de outra natureza e descobrem uma fortaleza sem igual.

Outra coisa que não podemos deixar de destacar: a fé. É impressionante o quanto ela nos move e nos sustenta.

Se você estiver lendo este texto e estiver em uma situação limite, pense nisso. Uma pessoa determinada e com fé pode fazer acontecer coisas inacreditáveis.

Se você gostou deste post, também irá gostar:

CAPAVOCÊ CONHECE A HISTÓRIA DESSAS IMAGENS? É LINDA!!!

13310591_1079503258775541_5282253828834163889_nPaciente Oncológica Realiza Sonho de Infância e Faz Ensaio Solo e Deslumbrante de Noiva

CAPA ENTREVISTA COM ALMA CABELLO DIA INTERNACIONAL DA MULHER CANCER VIROU ARTEA LUTA CONTRA O CÂNCER VIROU ARTE (Você gostaria de participar desse projeto?)

dmitri-vidas-inspiradoras-cancer-infantil-superacaoVidas Inspiradoras – Dimitri

64863677_models-walks-the-runway-for-the-anaono-intimates-x-cancerland-show-at-new-york-fashion-weekAS PODEROSAS IMAGENS DE MULHERES QUE SOBREVIVERAM AO CÂNCER E DESFILARAM NO NY FASHION WEEK.

 

capa-cris-luz                  Vidas Inspiradoras – Cristiane Luz

 

thumbnail-sabrina

ANTES E DEPOIS DA QUIMIOTERAPIA: OLHEM SÓ OS CABELOS DE SABRINA PARLATORE.

capaSABRINA PARLATORE – UM ANO SEM QUIMOTERAPIA. UHUL!!!

5-erros-ao-passar-base-maquiagem                                                                          5 ERROS AO PASSAR BASE

thumbanil-1ATRIZ QUE FEZ A BRENDA, DE BARRADOS NO BAILE, MOSTRA SUA ROTINA COM A RADIOTERAPIA

img_3916VIDAS INSPIRADORAS – JULLIANNA SILVA

superviventeMETÁSTASE – CONHECENDO UMA SUPERVIVENTE.

jolie-thumbnailLEMBRAM DO EXAME FEITO POR ANGELINA JOLIE, QUE A LEVOU A UMA MASTECTOMIA (REMOÇÃO DAS MAMAS)?

Blood samples in test-tubes

Pesquisas Na Inglaterra Estudam Novo Programa de Rastreamento de Câncer De Ovário

alimentacao-pos-cancer-o-que-pode-e-o-que-nao-podeAlimentação Pós Câncer: O Que Pode E O Que Não Pode?

CONECTE-SE COM O VIVER EU QUERO:

BLOG
CANAL NO YOUTUBE
FACEBOOK
INSTAGRAM
TWITTER

Contatos: vivereuquero@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: