Vidas Inspiradoras – Dimitri

Hoje não falarei como Viver Eu Quero. Falarei como Day, na primeira pessoa do singular. Não tem como falar dessa história de outro jeito porque mexeu demais com as minhas emoções de mulher, de paciente, mas principalmente de mãe. A vida inspiradora do dia é o Dimitri, esse menino lindo que hoje está com 12 anos de idade.

Para vocês entenderem o final do post precisam saber como este relato chegou até mim.

Um belo dia a mãe do Dimitri, a Fabiana, me enviou uma mensagem dizendo “você é uma vitoriosa como meu filho Dimitri (…)  Me apego em pessoas de luz como você pra seguir em frente. O que temos em comum? Apesar das batalhas, o sorriso sempre está presente. Parabéns pela força e por ajudar tantos outros guerreiros. Deus a abençoe sempre!!!”

Fiquei muito feliz em saber que minhas palavras fizeram a diferença para alguém, esse é o propósito do Viver Eu Quero. Mas aquela mensagem de mãe mexeu comigo. Precisava entender melhor o que tinha feito por aquela mãe. Fabiana me contou sua história e perguntei se ela e Dimitri topariam dividir este relato com outras pessoas. Ela concordou e aqui estamos nós.

17125219_277386449359807_535356276_n
Dimitri e sua mãe Fabiana

Vejam o relato de Fabiana:

“Tudo começou com uma brincadeira de criança no quintal da casa. Um tombinho bobo e uma torção no pulso ao se levantar. Nossa saga começa assim, logo na primeira semana do ano de 2014.

16216262_1283148775082855_829243661_n
Dimitri brincando (Todas as fotos são reprodução do Facebook de Fabiana)

Levamos a um hospital onde a pediatra percebeu uma mancha no dorso da mão no raio x.

O ortopedista foi chamado e disse que nosso filho havia quebrado o braço e foi feita a mobilização com gesso. Passado dois dias, ele sentia dores horríveis no braço, não dormia, não comia…o mesmo ortopedista avaliou e disse que era super valorização da dor, abriu o gesso e deixou o mesmo no braço como se fosse uma tala.Percebemos o inchaço e um enorme hematoma e o médico disse ser normal, afinal nosso filho fraturou o braço.

Procuramos outro ortopedista que, com novo raio x e um ultrassom disse que havia apenas uma trinca, nisso o outro pulso começou a doer e esse segundo ortopedista disse que se tratava de LER, já que o garoto estava usando uma mão só para tudo. Outra tala e antiinflamatórios…

Fevereiro, volta às aulas e nosso pequeno cai na escola, dessa vez fraturou um osso do ombro.

17141777_277386432693142_2083948450_n
Dois pequenos príncipes e a raposa.

Procuramos outro médico, na cidade vizinha. Surgiram dores nos tornozelos. O Dimitri era carregado no colo para exames e consultas. Esse médico disse que era normal tantas quebraduras e torções, coisas de moleque, mas o Dimi sempre foi um menino quieto, gostava de ficar desenhando e brincando no computador.

A pediatra, pediu um hemograma e até então nada de estranho (Até aí uma pediatra e três ortopedistas).

Carnaval, e nosso filho andava com muita dificuldade, vivia cansado e sem ânimo pra nada. Logo vieram os inchaços nos dois joelhos. Levamos ao pronto atendimento do primeiro hospital e a pediatra de plantão percebeu ínguas. Logo pediu novos exames de sangue.

Menos de duas horas após o biomédico veio nos procurar informando que colheria novo material pra um exame mais completo, imunofenotipagem…

Minhas pernas bambearam, eu sabia que tinha algo muito errado acontecendo.

Voltamos no dia seguinte ao hospital pra colher exames e iniciou uma febre. Nosso filho foi internado. As dores em todo corpo eram terríveis. Ele vivia a base de antitérmicos e anti-inflamatórios. Sua cor mudou, seu olhar mudou.

Nesse período foi marcado um exame na cidade vizinha e já se falava em leucemia. Um médico plantonista fez um favor de receitar corticoide para o Dimitri para ver se ele animava um pouco. Mal sabíamos nós o tamanho erro que estava sendo cometido.

Foi transferido de hospital. Chegou o dia do exame, o mielograma, feito em centro cirúrgico e com anestesia geral. Estávamos em pânico. A oncologista pediatra nos recebeu e explicou o procedimento e a provável leucemia, nosso guerreiro ficou internado 12 dias nesse hospital até sair o resultado: 8% de células anômalas e negativo pra LLA.

Passou por um quarto ortopedista, esse especialista em câncer ósseo. Foram feitas tomografias e cintilografias, ultrassom e raio x de todos os ossos. Apesar dos episódios de febre, a falta de apetite, as dores e agora uma cadeira de rodas, pois o Dimi parou de andar, ele teve alta.

A médica garantiu que não era oncológico. Foi encaminhado pra uma reumatologista. Inúmeros exames, alguns levavam até 40 dias pra sair o resultado. Mas, anjos existem!!!

Uma conhecida, trabalhou nos dois hospitais que o Dimi esteve internado, me chamou pra uma conversa franca e sugeriu que fôssemos pra Campinas, no Boldrini e assim fizemos. No dia seguinte fomos recebidos no Boldrini, primeira consulta e novo mielograma. Sem dramas nem “papas na língua”, a médica super sincera, falava abertamente sobre a possível doença, como seria o tratamento, os riscos. Apenas um dia depois, voltamos no hospital, tivemos o resultado e nosso guerreiro tinha sim Leucemia (Leucemia Linfóide Aguda – LLA) com alto risco de recidiva.

No mesmo dia iniciaram as quimioterapias, já fomos encaminhados pra uma fisiatra e fisioterapeutas.

17141649_277385999359852_519492963_n
Nosso pequeno grande herói Dimitri.

Eu, em particular, tive um alívio com o diagnóstico. Era a luz no fim do túnel que eu procurava. Agora tínhamos um nome, um tratamento a seguir e estávamos no melhor hospital do câncer infantil do Brasil.

Minha irmã, morava em Campinas e nos recebeu de braços abertos, foi meu porto seguro. Meu esposo voltou pra nossa cidade (Santa Rita do Sapucaí – MG) pra trabalhar e cuidar da nossa pequena que havia ficado na casa de uma família amiga. Deus colocou muitos anjos em nosso caminho.

17141721_277385976026521_420838193_n
Dimitri e sua irmã, Maria Mel: cumplicidade entre irmãos.

Foram nove meses em Campinas, indo pra casa esporadicamente, quando a imunidade deixava, meu filho ficou longe da escola, dos amigos, das brincadeiras e passeios… Perdeu seus longos cabelos, mas voltou a andar (com quase 10 meses de fisioterapia), ficou livre das dores, voltou a se alimentar. Após seguiram mais 20 meses de químios (a cada 3 semanas), chamada de Manutenção do Tratamento.

17124479_277391262692659_1333895789_n
Que sorriso contagiante. Impossível olhar para esta imagem e não sorrir.

Hoje, estamos prestes a comemorar 6 meses sem quimioterapias, meu guerreiro está forte, lindo e CURADO! Voltou sua rotina de estudos, brincadeiras… E nossos anjos continuam por aqui, nos apoiando e cuidando.

17161098_277386466026472_1381718783_n
Sim, Dimitri: você é um vencedor!!!!

“Iniciamos uma nova batalha. Em dezembro o Dimitri foi diagnosticado com TEA (síndrome de Asperger) e rebaixamento de humor pós tratamento oncológico.

Faz uso de duas medicações e faz terapias, o que tem permitido que ele leve a vida mais leve e feliz.

Vemos como Deus é bom, cada coisa no seu tempo. Cada tratamento num momento da vida e assim seguimos lutando e sorrindo.”

(Cliquem nas imagens para ampliar)

Contei como a história do Dimitri chegou até mim para que vocês entendessem direito este recado:

Fabiana, são pessoas como você, o Dimitri, o Demétrius e a Maria Mel que são iluminadas e nos ensinam o valor que a vida tem. Mesmo em meio a tantas dúvidas, batalhas, a angústia de não ter um diagnóstico, não ter sequer o nome do inimigo que estavam enfrentando … mesmo no meio de tantos obstáculos, posso ver por seu relato e pelas imagens, o quão fortes e unidos vocês são. Este “vidas inspiradoras” tem o nome do Dimitri, que é um verdadeiro herói por enfrentar e ganhar tantas batalhas tão cedo na vida. Muitos adultos não conhecem as lutas que ele já superou tão jovem. Mas além do Dimitri,  você é uma mulher e mãe inspiradora, o Demétrius é um marido e pai  inspirador e a Maria Mel é uma filha e irmã inspiradora. É notório o quão unidos vocês são. Transborda amor de todas as imagens. Juntos vocês expressam com simplicidade uma enorme vontade de viver  e de serem felizes juntos.

Por tudo isso vou redirecionar para todos vocês as palavras que você dirigiu a mim quando iniciamos nosso bate-papo, pois sinceramente acho que vocês são mais merecedores: me apego muito em Deus e na minha família, mas pessoas de luz como vocês também nos impulsionam a seguir em frente. O que temos em comum? Enfrentamos algumas batalhas, mas valorizamos a vida, a família que temos e o sorriso sempre está presente em nossos rostos. Parabéns A VOCÊS, pela força e por ajudar tantos outros guerreiros  dividindo esta história. Tenho certeza que ajudarão muitas famílias com este post. Deus os abençoe sempre!

Ao Dimitri quero acrescentar mais um elogio: menino, você é lindo e já sou sua fã e da sua família também. Não é da boca para fora. Sou sua fã de verdade. Um pequeno grande herói.

Bora viver, minha gente! Bora viver mais e intensamente!

Se você gostou deste post, também irá gostar:

hugh-jackman-ator-que-faz-wolverine-fala-sobre-novo-cancer-de-pele-capaHugh Jackman, Ator Que Faz Wolverine, Fala Sobre Novo Câncer de Pele

alimentacao-pos-cancer-o-que-pode-e-o-que-nao-podeAlimentação Pós Câncer: O Que Pode E O Que Não Pode?

capa-cris-luz                  Vidas Inspiradoras – Cristiane Luz

64863677_models-walks-the-runway-for-the-anaono-intimates-x-cancerland-show-at-new-york-fashion-week

AS PODEROSAS IMAGENS DE MULHERES QUE SOBREVIVERAM AO CÂNCER E DESFILARAM NO NY FASHION WEEK.

thumbnail-sabrina

ANTES E DEPOIS DA QUIMIOTERAPIA: OLHEM SÓ OS CABELOS DE SABRINA PARLATORE.

capaSABRINA PARLATORE – UM ANO SEM QUIMOTERAPIA. UHUL!!!

5-erros-ao-passar-base-maquiagem                                                                          5 ERROS AO PASSAR BASE

thumbanil-1ATRIZ QUE FEZ A BRENDA, DE BARRADOS NO BAILE, MOSTRA SUA ROTINA COM A RADIOTERAPIA

img_3916VIDAS INSPIRADORAS – JULLIANNA SILVA

superviventeMETÁSTASE – CONHECENDO UMA SUPERVIVENTE.

jolie-thumbnailLEMBRAM DO EXAME FEITO POR ANGELINA JOLIE, QUE A LEVOU A UMA MASTECTOMIA (REMOÇÃO DAS MAMAS)?

Blood samples in test-tubes

Pesquisas Na Inglaterra Estudam Novo Programa de Rastreamento de Câncer De Ovário

CONECTE-SE COM O VIVER EU QUERO:

BLOG
CANAL NO YOUTUBE
FACEBOOK
INSTAGRAM
TWITTER

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: