Vidas Inspiradoras – Deibe

Mais uma vida inspiradora aqui no Viver Eu Quero.
Tivemos um bate-papo delicioso com a Deibe e isso acabou rendendo um post sobre sua linda história de superação.
Vejam só.

 

14731193_1366923330015099_8037782103943461768_n
“Meu nome é Deibe, tenho 42 anos, sou casada com Fábio e mãe de duas lindas garotas, Anna Luíza de 14 anos e Ana Laura de 6 (quase 7) anos.
Tive câncer de mama aos 38 anos, quando minha pequena Ana Laura tinha apenas 01 ano e meio e ainda amamentava.
17077972_1549680658406031_360934705_n
” Tudo começou assim: acordei em uma certa manhã e, como toda mulher que amamenta acaba tocando muito a mama, senti um pequeno caroço na mama direita. Fui ao médico. Ela analisou e disse que podia se tratar de um “calo de leite”.
Tive que fazer compressas de gelo durante um mês, mas como “mulher que amamenta não dá câncer”, eu estava tranquila.
Depois de 30 dias fazendo esse procedimento diariamente, voltei ao médico. A partir daí, foram mamografias, ultrassom da mama, core biopsy etc.
Eis que os exames mostraram dois tumores, um em cada lado da mesma mama.
Em Agosto/2012 recebi o diagnóstico, que eu não imaginava: estava com câncer de mama (CARCINOMA DUCTAL INVASIVO II).
Meu Deus e agora? Minha primeira reação foi de choro, mas  não sou mulher de perder tempo. Perguntei ao médico o que deveria ser feito e ele disse: cirurgia, quimioterapia, e radioterapia.  Até então eu estava esperando uma cirurgia simples, mas não foi.
No dia 23 de outubro passei por uma mastectomia radical ( com reconstrução imediata) e esvaziamento axilar, pois o câncer já havia invadido alguns linfonodos axilares. Eu, que já tinha colocado DEUS no controle de minha vida e deixado Ele agir, não me desesperei, pois já havia conhecido algumas pessoas que lutaram e venceram o câncer, ou estavam lutando, com determinação e com muita força.
Em Dezembro de 2012 tive minha primeira consulta com o tão temido oncologista. Nada tinha a temer, mas estar diante daquele médico que trata de câncer foi difícil. Não desanimei, foquei na minha cura. Sabia que teria muita luta pela frente e que não estava sozinha nessa, pois meu marido, um guerreiro, um homem que nunca me desamparou, nunca me deixou desistir de lutar. Ele me deu todo o suporte para que eu vivesse esse momento borboleta, em que o casulo é doloroso, mas necessário.
Iniciei meu tratamento em janeiro de 2013 (foram 18 meses entre quimioterapia e uma terapia alvo chamada Herceptin).
Por eu ser paciente do SUS, todos ficaram admirados de eu ter conseguido todos o tratamento muito rápido, afinal foram muito exames, inclusive de alto custo, mas meu Deus estava no controle de minha vida!
Não tive grandes reações. Fiquei carequinha, mas isso não me abateu, pois não era o que me faltava. Mantive a autoestima em todos os momentos, me cuidava mais ainda. Não precisava de shampoo, mas o que gastei com maquiagem…. rsrsrsr
Meu lema é: o que tem pra hoje? Ser feliz, fazer uma bela limonada com o limão que a vida me dá.
Veja bem, temos que ser felizes agora e não quando acabar o tratamento. Tem que crer que Deus está no controle, que tudo acontece no kairos (tempo) de Deus e continuar a ser feliz. Um exemplo: tinha uma festa pra ir ao fim de semana e quimioterapia pra fazer na segunda… Se eu fixasse meu pensamento só na quimioterapia, não perceberia as maravilhas que iriam me acontecer durante o fim de semana. Se fixasse meu pensamento só no tratamento me esqueceria de ser feliz. Tenho que ser feliz, aproveitar as maravilhas que Deus me dá hoje, agora e não depois. Depois vou ser ainda mais feliz!
Mas a a vida continuou me testando…. No início de 2014 fui fazer a revisão pra terminar de fazer a reconstrução mamaria que começou quando tirei a mama, e o mastologista cirurgião  me disse que como as radioterapias danificaram a prótese de silicone eu teria que retirá-la e fazer nova reconstrução.
Assim foi feito em 02 agosto/2014: foi retirado uma parte do abdômen pra fazer a reconstrução e essa cirurgia é muito grande, pois é feito como uma abdominoplastia. No dia seguinte à cirurgia, na hora de retirar o curativo, infelizmente havia edemas na cicatrizes e com esse problema, mesmo com todos esforço da equipe médica, não teve jeito:  houve o descolamento de todo tecido enxertado.
No dia 18 de agosto /2014 tive que ir para o bloco cirúrgico para retirá -lo e pasmem, no dia 21 de agosto, ou seja, 03 dias depois estava eu no bloco cirúrgico outra vez, numa cirurgia que durou 8 horas, para fazer nova reconstrução, agora com silicone e retalhos de tecido dorsal.
Enfim, estou eu aqui, graças ao Deus que esteve e sempre está no controle de minha vida, com a cirurgia muito bem cicatrizada, e já indo para 5 anos de remissão.”
“O CÂNCER ME ENSINOU A VER A VIDA COM OUTROS OLHOS, COM MAIS FORÇA E COM MAIS DESEJO. EU CREIO INFINITAMENTE EM DEUS E AMO A VIDA.”
16708749_1529510177089746_8691640624046707839_n
Deibe participando de campanhas de luta contra o câncer de mama.
15541395_1455498604490904_7229526437473049766_n
Deibe com suas filhas em 2016.

 

Linda história, Deibe. Um beijo para você e suas família linda.

Bora viver, né lindona?

 

Se você gostou deste post, também irá gostar:

capa-cris-luz                  Vidas Inspiradoras – Cristiane Luz

64863677_models-walks-the-runway-for-the-anaono-intimates-x-cancerland-show-at-new-york-fashion-week

AS PODEROSAS IMAGENS DE MULHERES QUE SOBREVIVERAM AO CÂNCER E DESFILARAM NO NY FASHION WEEK.

thumbnail-sabrina

ANTES E DEPOIS DA QUIMIOTERAPIA: OLHEM SÓ OS CABELOS DE SABRINA PARLATORE.

capaSABRINA PARLATORE – UM ANO SEM QUIMOTERAPIA. UHUL!!!

 

5-erros-ao-passar-base-maquiagem                                                                          5 ERROS AO PASSAR BASE

thumbanil-1ATRIZ QUE FEZ A BRENDA, DE BARRADOS NO BAILE, MOSTRA SUA ROTINA COM A RADIOTERAPIA

img_3916VIDAS INSPIRADORAS – JULLIANNA SILVA

superviventeMETÁSTASE – CONHECENDO UMA SUPERVIVENTE.

jolie-thumbnailLEMBRAM DO EXAME FEITO POR ANGELINA JOLIE, QUE A LEVOU A UMA MASTECTOMIA (REMOÇÃO DAS MAMAS)?

alimentacao-pos-cancer-o-que-pode-e-o-que-nao-podeAlimentação Pós Câncer: O Que Pode E O Que Não Pode?

Blood samples in test-tubes

Pesquisas Na Inglaterra Estudam Novo Programa de Rastreamento de Câncer De Ovário

Conecte-se com o Viver Eu Quero:

Blog
Canal no Youtube
Facebook
Instagram
Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: