O Mastologista – Dr. Rodrigo Souto

De vez em quando alguém me pergunta: quem é o seu mastologista? Quem é o seu oncologista?b

Pois é, chegou o momento de falarmos sobre eles, duas pessoas fabulosas que Deus colocou em minha vida. Na verdade eu faria um post sobre os dois, mas decidi fazer um post para cada um por dois motivos:

  1. tem muita história para contar de cada um e o post ficaria imenso e
  2. O meu mastologista é ciumento, disse que queria um post só para ele e com mais destaque. Rs. Pedido atendido! Brincadeira, gente.

Hoje vamos começar com meu mastologista, o Dr. Rodrigo Oliveira Souto, que trabalha em Niterói e em São Gonçalo.

Vocês vão falar: “Day, mas você não é de Petrópolis?” Sim, sou, mas fui parar em Niterói, pois não consegui operar pelo plano de saúde na minha cidade. Petrópolis também tem profissionais fantásticos, mas tive que ampliar meus horizontes por questões de ordem prática ($$$), se é que vocês me entendem. Precisava usar o plano.

 Na busca por um mastologista, várias pessoas falavam no Dr. Rodrigo: médicos de Rio Bonito, um médico renomado do Rio de Janeiro e pacientes que operaram ou que gostariam de ter operado com ele. Tentei agendar uma consulta, mas o consultório dele só tinha horário para quase 3 meses depois. Era perceptível que aquele nódulo estava crescendo dentro de mim, então sabia que não poderia esperar tanto.

Um dia falei com meu marido que iria insistir, nem que eu tivesse que ir para o outro consultório dele em São Gonçalo. Quando liguei para a secretária dele, ela falou: “Olha, essa semana ele começou a atender numa clínica nova aqui Niterói,  porque você não tenta lá?”. Tentei na mesma hora e não é que tinham acabado de abrir a agenda dele! Consegui um horário para 3 dias depois. Era tão difícil um horário com ele, que aquilo me pareceu um milagre.

No dia seguinte, fui entregar o material da biópsia num laboratório também em Niterói e tive a oportunidade de conversar com a médica responsável, a Drª Andréa Fontes. Expliquei para ela que na verdade já estava investigando o tal nódulo suspeito, BI-RADS 4C  há um mês e que estava bastante angustiada com o resultado uma vez que o nódulo crescia notoriamente. Ela foi de uma gentileza incrível e perguntou: quem é o seu mastologista? Expliquei que estava fazendo os exames com os pedidos dos médicos de Petrópolis, mas que  iria conhecer meu mastologista em 2 dias. Quando contei quem era, ela  na mesma hora: “você está em excelentes mãos, ótimo mastologista. Vamos combinar o seguinte, quando você chegar no consultório dele, você pede para ele me ligar que eu já passo o resultado pelo telefone. Ele tem meu número”.

Fiz essa contextualização para que vocês alcançassem o meu nível de ansiedade na primeira consulta com o Dr. Rodrigo. O homem não seria apenas O Mastologista que finalmente me operaria pelo plano de saúde. Ele seria O Médico indicado por todos os profissionais da área, O Mastologista que só tinha horário para meses a frente e que dei a sorte de conseguir para dali a poucos dias e ainda seria a pessoa que finalmente obteria o resultado da minha biópsia e diria se eu estava mesmo com câncer, ou não.

Sentiram o drama?

A fórmula “possibilidade de uma câncer de mama”+ drama + “Dayane ansiosa” não prestou.

Na hora que entrei no consultório dele já fui me apresentando assim: “Oi eu sou a Dayane. Pelo amor de Deus ligue para a Drª Andréa para ela dar o resultado da minha biópsia, por favor!”. Pelo menos, um pouco da minha educação se manteve e eu disse “por favor”.

Imaginem conhecer uma pessoa desse jeito! Ele deve ter pensado que eu era maluca. Na verdade, acho que estava um pouco. Rs.

O homem era a serenidade em pessoa, pois me acalmou, pediu para a secretária ligar para a Drª Andréa, descobriu que o resultado só ficaria pronto no dia seguinte, viu meus exames e descobriu que eu era de Petrópolis.

Outra coincidência da vida. O Dr. Rodrigo se formou na Faculdade de Medicina de Petrópolis e descobrimos que vários médicos e conhecidos meus haviam sido seus colegas de turma e alguns seus professores.

Aquela paciente que chegou com os nervos à flor da pele saiu do consultório falando de amigos, da reinauguração da Cervejaria Bohêmia, da famosa Casa D´Ângelo e de como foi o dia da formatura dele. Que mudança, não? Ele ainda me tranquilizou dizendo que evitaria deslocamentos desnecessários à Niterói e que adiantaria o que pudesse por telefone.

No dia seguinte, andava com meu filho e meu marido no centro da cidade, quando recebi sua ligação: era o resultado da biópsia. Ele confirmou que eu estava com câncer, mas sereno ainda me disse que faria o que estivesse ao seu alcance para que eu tivesse o melhor tratamento possível e que já estava tomando todas as providências para que minha cirurgia fosse autorizada o quanto antes, o que aconteceu em menos de 24 horas.

Já contei para vocês neste post aqui, como foi a trajetória entre a descoberta do nódulo e a cirurgia e que foi no momento que o Dr. Rodrigo me deu esta notícia que me caiu a ficha que minhas opções eram me entregar à tristeza ou lutar com todas as minhas forças contra este câncer e buscar viver o mais intensamente possível essa vida linda que Deus me deu. Fiquei com a segunda opção. Pareceu-me uma escolha mais inteligente.

Cinco dias depois aconteceu minha cirurgia.  No dia, o Dr. Rodrigo fez questão de conversar comigo, transmitir confiança quanto ao procedimento, sem quaisquer promessas fantasiosas. Explicou-me que poderia ser uma quadrantectomia ou mastectomia total, que havia a possibilidade de esvaziamento total da axila, esclareceu sinceramente a uma dúvida minha quanto ao tipo histológico que estava enfrentando (triplo negativo)  e, apesar das notícias não serem as mais tranquilizadoras, eu estava muito serena, pois ele estava empenhado em oferecer o seu melhor para modificar aquela situação.

Já contei para vocês que o clima com a equipe antes da cirurgia foi super descontraído. Quando acordei o Dr. Rodrigo logo me avisou que só precisei fazer uma quadrantectomia e que os linfonodos axilares não estavam comprometidos. Quanto alívio! Já estava eu toda sorridente.

O Dr. Rodrigo ainda aguentou muitas ligações minhas e do meu marido, mesmo no período do carnaval. Fez um belíssimo trabalho na cirurgia. Ele continua me acompanhando de 6 em 6 meses.

Sua experiência ainda me surpreende. Todas a vezes que desconfiava de algum nódulo ou alteração na mama e ele me dizia “até vamos investigar, mas isso daí não é nada”, os exames confirmavam que ele estava certo.

Sou extremamente grata ao meu mastologista, não apenas por sua perícia, mas também por sua paciência, segurança, tranquilidade, humanidade e bom humor. Sempre saio de seu consultório rindo das  implicâncias/brincadeiras dele com os outros médicos e das suas histórias em Petrópolis.

Vejo nele mais do que um médico, mas também um amigo a quem sou muito grata, pois fez de tudo o que estava a seu alcance para me ajudar num dos momentos mais difíceis da minha vida.

Obrigada Dr. Rodrigo!

ATUALIZAÇÃO EM 09/05/2017:

Muitos acabam encontrando este post na internet porque vão passar por uma cirurgia com um mastologista ou outro tipo de cirurgia oncológica.  Há poucos dias, tive a oportunidade de entrevistar o Dr. Rodrigo e ele deu excelentes dicas para quem vai passar por uma cirurgia. Recomendo fortemente assistir estes vídeos (parte 1 e parte 2), especialmente a parte que ele fala sobre a presença do histopatologista em cirurgia (este trecho serve para qualquer tipo de cirurgia oncológica e é de suma importância).

Queridos leitores, informação é poder e isso pode fazer uma enorme diferença no seu tratamento.

Todo paciente deveriam tomar conhecimento disso.

 Veja outros posts que você pode achar interessante:

MITOS SOBRE A QUIMIOTERAPIA PARTE 1MITOS E CURIOSIDADES SOBRE A QUIMIOTERAPIA

imageO oncologista – Dr. Celso Rotstein

10 dicas de quimioterapia10 Dicas Para Quimioterapia

imageTRIPLO NEGATIVO -UM BATE-PAPO COM O DR. GILBERTO AMORIM

superviventeMETÁSTASE – CONHECENDO UMA SUPERVIVENTE.

quimioterapia-o-que-mudou4 MESES SEM QUIMIOTERAPIA: O QUE MUDOU?

thumbnail-retrospectiva-2016-para-blogUM ANO DE TRATAMENTO -COMO FOI?

CON PETROPOLIS QUIMIOTERAPIA UNIMED NITEROI SAO GONÇALO RIO SUL NOVA AMERICA BARRA DA TIJUCA E NOVA FRIBURGONOVA CLINICA DE TRATAMENTO QUIMIOTERÁPICO EM PETRÓPOLIS – CON – COM DR GUSTAVO ADVINCULA

18076526_314737705611214_4249687935749658011_oTROFÉU CIDADE IMPERIAL 2017 – ITAIPAVA E REGIÃO – FOTOS OFICIAIS E ENTREVISTAS

Conecte-se com o Viver Eu Quero:

Site Viver Eu Quero
Canal no Youtube
Facebook
Instagram
Twitter

Anúncios

14 comentários em “O Mastologista – Dr. Rodrigo Souto

Adicione o seu

  1. O mais importante é confiar no seu médico e ele ser direto sobre tudo que está acontecendo.Eu tbm tenho um grande médico, Dr. Gilson e uma grande médica Dr. Érica.Todos de Cabo Frio.Vamos vencer e já somos vencedoras.Bjs!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Dr Rodrigo foi indicação da minha ginecologista quando tivemos certeza que eu estava com câncer de ovário. Durante minha consulta ela entrou em contato com ele e na semana seguinte estava eu na consulta com ele. Me passou tanta calma, conversou comigo e com meu esposo quanto ao fato de não termos filhos, nos acalmou, nos explicouro detalhes da cirurgia. E no dia da cirurgia ele mais uma vez me acalmou e me visitou praticamente todos os dias em que fiquei internada.
    Sem contar que ele me indicou um oncologista clínico que é outro anjo!
    Peço que Deus o abençoe sempre com mt saúde! Um médico que sabe cuidar com carinho e amor dos seus pacientes.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: